• #Eu Ajudo Quem Ajuda

Outras áreas de apoio

Gabinete Inserção Profissional (GIP/IEFP)

Entende-se por GIP a organização ou serviço que preste apoio a jovens e adultos desempregados para a definição ou desenvolvimento do seu percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho, em estreita cooperação com os centros de emprego.

Residência

A população sénior merece especiais cuidados na satisfação das suas necessidades naturais de ordem física, psicológica e social, nem sempre possíveis de serem satisfeitas no seio familiar.

As residências da Cruz Vermelha apresentam-se como solução residencial planeadas para suprir aquelas necessidades, oferecendo privacidade, convívio e estímulo à participação na vida activa num espaço moderno e funcional totalmente direccionado para a população sénior.

Um sonho de 11 anos da Delegação da Costa do Estoril da Cruz Vermelha Portuguesa, um investimento de quatro milhões de euros e muitas vontades reunidas tornaram possível a concretização de um projecto para uma residência sénior na Vila da Parede, concelho de Cascais, com valências abertas ao exterior e que abre as sua portas no dia 2 de Novembro de 2010.

Trata-se de um complexo dedicado à área de saúde e aos seniores, que disponibiliza 24 suites com áreas amplas, espaços comuns dimensionados para as mais variadas actividades, um óptimo aproveitamento da luz natural e elevada preocupação de sustentabilidade ambiental.

Os residentes têm aos seu dispor a Academia Sénior, a Academia de Verão e a Academia Móvel com mais de 70 actividades diferentes, num espectro abrangente de componentes físicas, intelectuais, culturais e saúde e estética.

Espaços

A Residência Assistida dispõe de 30 quartos, distribuídos pelos três pisos, dos quais 17 são individuais e os restantes duplos. Equipados com camas articuladas elétricas, sistema de chamada, cadeirão relax e televisão por cabo. Decoração cuidada e personalizada. Dada a localização grande parte dos quartos têm vista privilegiada de mar.

A Residência é ainda composta pelos seguintes espaços comuns:

Piso Térreo:

  • Receção, situada na entrada principal, destaca-se pela área generosa com zona de sofás que promove a mediação do contacto interior para o exterior. A este espaço foi atribuído o nome de Espaço Cascais.
  • Salão Estoril, local de excelência, onde quase todos os eventos acontecem, de natureza polivalente, possui um sistema amovível onde é possível recriar dois ambientes distintos e funcionais de atividades lúdico-recreativos.
  • Refeitório, provavelmente o mais rico ponto de encontro, recentemente ampliado com objetivo de promover o convívio entre diferentes utentes de todas as valências da Delegação. A simpática esplanada dá continuidade à sala, equipada com mobiliário de exterior.
  • Sala de Dança, local privilegiado para todo o tipo de danças, com vista para o nosso lago, na entrada principal.
  • Ginásio, utilizado para aulas de atividade física entre Academia Sénior, Clube Sénior e Residentes

Primeiro piso:

  • Zona de estar e de lazer circundante aos quartos, composto por zona de sofá, mesa de jogos e piano.
  • Sala de Televisão e de leitura, propicia às visitas de familiares aos residentes
  • Gabinete Médico/Enfermagem, local onde de realizam consultas médicas, e cuidados de enfermagem.

Terceiro piso:

  • Sala panorâmica, com vista sobre de mar, equipada com várias mesas de jogo, biblioteca e sala de estar com televisão. Ponto de encontro de residentes e utentes do Clube Sénior, este espaço prolonga-se para um magnifico terraço.

O que fazemos / Teleassistência

Entre a Cruz Vermelha Portuguesa e a Câmara Municipal de Cascais foi celebrado um Protocolo de Cooperação que permitiu implementar no nosso concelho um serviço de Teleassistência para munícipes em situação de dependência e/ou com rendimentos baixos.

Recepcionado o pedido para adesão à Teleassistência, quer na Delegação quer na Câmara Municipal de Cascais, é analisada a situação social e económica do requerente, sendo o processo remetido para a Sede Nacional da CVP.

Powered by jms multisite for joomla